segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

A vida segundo Nietzsche

"Fazer da vida uma obra de arte não consiste em introduzir arte na própria existência, ir ao teatro, visitar museus ou consumir literatura. Muito menos se pode entender como a imitação de um modelo: isso seria um equívoco. Trata-se de dedicar tempo e atenção ao desenvolvimento de si mesmo - ser amante da mudança e da transformação, no momento em que ocorre, não se deixar levar pela impaciência que nos faria aceitar o que alguns artistas ou pensadores oferecem já pronto - até encontrar o pincel apropriado, a tela e as cores próprias e adequadas, a fim de chegar a ser um mestre em nossa própria arte de viver.

(...) A vida filosófica é uma aventura, uma experiência que leva às suas próprias conclusões, isto é, um experimento radical do qual não se podem prever os resultados. É uma viagem sem destino planejado, na qual nada se busca e algo se encontra. Aqui, não existe a vida de um lado e a filosofia de outro. Como diz Nietzsche, trata-se de fazer de um acontecimento da vida um aforismo do pensamento, e de uma análise do pensamento uma nova perspectiva de vida."

(A potência segundo Nietzsche, Maite Larrauri e Max)

2 comentários:

Emerson Silva disse...

A melhor mensagem de mudança que li até agora, vem a calhar nesse momento em que todos visam as "mudanças" do ano novo!

Paula Gomes disse...

Eu atrás do pincel certo...
( o tempo todo : ) )